Leandro Serpa - Oficial Academia Tijuquense de Letras

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Acadêmicos > Academicos
Leandro Serpa
A exposição ‘A Presença da Matéria’, do artista visual e escritor tijuquense membro da OATL, Oficial Academia Tijuquense de Letras, Leandro Serpa, traz à público obras de arte produzidas pelo artista entre os anos de 2014 à 2016.

A exposição parte das pesquisas que Leandro realizou com monotipias sobre lonas de tecido durante o Mestrado em Artes Visuais ocorrido na UDESC, Universidade do Estado de Santa Catarina, entre os anos de 2014 e 2015 e fundamenta-se na investigação sobre o procedimento poético dos artistas contemporâneos, Carlos Vergara e Daniel Senise.

A exposição conta ainda com obras da Série ‘Sobregravuras’ cujo conceito elaborado pelo artista abrange seu procedimento crítico e poético a partir de reproduções de gravuras e imagens de mestres da arte mundial, dentre eles Leonardo Da Vinci, (1452 - 1519), Albrecht Durer, (1471 - 1528) e Rembrandt, (1606 - 1669), no qual por meio da pintura e da monotipia o artista imprime seus gestos e ações sobre imagens consagradas pela História da Arte Universal.

Leandro expõe também obras realizadas com a técnica ‘Pochoir’, procedimento da linguagem gráfica de origem francesa que o artista investigou no ano de 2016 para as ações de ensino que praticou junto aos alunos de ‘Gravuras’ da Unochapecó, Universidade Comunitária Regional de Chapecó/SC.

A exposição ‘A Presença da Matéria’ é portanto uma amostra da vasta pesquisa que Leandro Serpa tem realizado com a gravura desde o ano de 2006. O artista possuí uma pesquisa abrangente e uma obra amadurecida ao longo dos anos através da reflexão e criação poética.

Leandro Serpa, natural de Tijucas/SC, que nutre por sua terra querida, amor e gratidão, vê com generosidade a oportunidade de expor suas obras aos munícipes de Tijucas/SC e amigos do Vale e região porque compreende que desta forma a arte, o pensamento visual, podem alcançar pessoas pelas quais o artista nutre carinho e admiração.

Para o artista a arte tem o poder conciliador e democrático capaz de unir os contrários, relativizar tensões e ‘iluminar mentes’, para a reflexão e prática de ações em prol do bem, do bom e do justo, da dignidade e do respeito as diferenças.

A exposição “A Presença da Matéria”, do artista Leandro Serpa é uma homenagem a esta cidade, TIJUCAS, ‘esta terra querida’. ‘Onde o Tijucas desliza’, pelos seus 157 anos. É também um apelo do artista para que todos artistas, artesãos e arteiros desta cidade tenham um espaço para mostrar seus trabalhos, suas obras, pois assim a história, o passado, presente e futuro de Tijucas/SC, serão preservados e mantidos por seu povo, diverso e acolhedor.

Uma cidade que respeita a diversidade e a arte de seu povo tem um futuro promissor e generoso, faz história.

 
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal